É possível fortalecer os ossos? Saiba como!

A fragilização dos ossos é provocada pela perda de massa óssea e pode levar à osteoporose, aumentando os riscos de fratura. Mas é possível preveni-la com alguns cuidados alimentares e atividades físicas para fortalecer os ossos.

Ao contrário do que possa parecer, o osso não é imutável. Ele é uma estrutura viva na qual as células ósseas estão constantemente envolvidas em um processo de morte e renovação.

Neste artigo vamos comentar a fragilização óssea e os principais aspectos que devem ser observados para o fortalecimento dos ossos. Continue lendo para saber mais!

A fragilização óssea

Os ossos passam por um processo cíclico de renovação, no qual os tecidos mais velhos são substituídos por novos. Isso ocorre por meio das atividades de diferentes células ósseas: os osteoclastos, que reabsorvem os tecidos envelhecidos deixando pequenos pontos ocos, e os osteoblastos, que ocupam esses espaços e formam novos ossos.

Embora esse processo fique cada vez mais comprometido com o tempo, ele ocorre ao longo da vida de maneira simultânea e ininterrupta. Nos jovens, esses ciclos duram em média 120 dias, quando a reabsorção e a renovação óssea são equiparáveis.

Com o tempo, os ciclos ficam mais longos, e a destruição de ossos velhos se torna superior à formação de novos tecidos. Dessa forma, ocorre uma redução na densidade óssea e uma maior fragilidade, principalmente nos idosos.

Causas da fragilidade óssea

Além do envelhecimento natural, outros fatores também podem ser responsáveis pela fragilização dos ossos, como alguns medicamentos, alterações na tireoide, doenças reumáticas e renais, menopausa e sedentarismo.

Como fortalecer os ossos

Embora a fragilização óssea faça parte do envelhecimento natural, é possível prolongarmos ao máximo a saúde do esqueleto com medidas preventivas que melhoram a qualidade de vida. Veja a seguir!

Mantenha um bom nível de vitamina B12 no organismo

A deficiência de vitamina B12 afeta o processo de renovação celular, reduzindo a densidade óssea. Dessa forma, é importante consumir alimentos ricos nesse nutriente, como: salmão, atum, truta, ostras, fígado, carne de porco, ovos, leite e derivados.

Consuma alimentos ricos em cálcio

O cálcio é um mineral fundamental para a formação dos ossos. Ele está presente no leite e seus derivados. Quando a ingestão desse elemento é insuficiente, a produção de tecidos ósseos pode ser gravemente afetada, provocando a osteoporose.

É possível obter cálcio por meio de outros alimentos como: espinafre, couve, brócolis, feijão-branco, gergelim, grão-de-bico, tofu, sardinha, figos secos, entre outros.

Verifique o seu consumo de magnésio

Além de outras funções fundamentais para o organismo, o magnésio regula a entrada e a saída de cálcio, equilibrando o seu metabolismo para a formação da matriz óssea. Além disso, o mineral participa da ativação da vitamina D. As principais fontes de magnésio são: abacate, aveia, beterraba, carnes, frutos do mar, laticínios, nozes e vegetais verdes, entre outros.

Tome sol

A vitamina D é imprescindível para a absorção do cálcio de forma adequada. Sua principal fonte são os raios ultravioletas (UVB) que ativam a síntese da substância. Porém, com a idade, a capacidade do organismo em sintetizá-la fica reduzida. Dessa forma, apenas a exposição solar às vezes é insuficiente para algumas pessoas.

Ela também pode ser obtida por meio de alguns alimentos, como peixes gordos (em menor quantidade). Quando os exames de sangue detectam baixos níveis de vitamina D, é provável que o médico indique um suplemento para restabelecer a normalidade.

Pratique atividades físicas

Os exercícios físicos são fundamentais para a saúde óssea em qualquer idade. Para obter melhores resultados visando à prevenção e tratamento da osteoporose, é importante combinar exercícios de resistência e força.

Caminhar ou correr são excelentes atividades de resistência que beneficiam os ossos da coluna lombar, do quadril e das pernas. Os treinos de força ajudam a fortalecer os músculos e os ossos da parte superior da coluna e dos braços.

Como vimos ao longo do texto, é possível fortalecer os ossos por meio de uma alimentação saudável, rica em bons níveis de vitaminas e minerais. Além disso, é fundamental fazer atividades físicas e tomar sol para uma perfeita fixação do cálcio nos ossos.

Gostou deste artigo? Então, curta a nossa página no Facebook e acompanhe todas as postagens sobre a saúde dos ossos!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Thanks!

Fale com a unidade mais próxima de você!