Ergonomia no escritório: veja (x) questões sobre!

Grande parte dos afastamentos de colaboradores em empresas se deve ao desenvolvimento de patologias, como a LER (Lesões por Esforços Repetitivos). A ergonomia no escritório estuda formas de prevenir doenças laborais, proporcionando conforto e bem-estar ao trabalhador.

Neste artigo, vamos comentar sobre 4 principais questões relativas à ergonomia no escritório e como esse aspecto é importante para evitar dores na coluna, provocadas por má postura e ambiente inadequado. Continue lendo para saber mais!

A ergonomia no escritório

A ergonomia é uma ciência que busca adaptar a interface entre pessoas e objetos, como ferramentas, mobiliário, entre outros. Veja a seguir os principais aspectos que devem ser observados para evitar dores e cansaço, obtendo um bom ganho em produtividade.

1. Posturas adequadas

Muitas pessoas ainda desconhecem as consequências de trabalhar com posturas inadequadas. De acordo com a ergonomia, para garantir bem-estar e evitar lesões ao trabalhar sentado, é importante adotar os seguintes cuidados:

  • evite inclinar o pescoço para frente ao olhar para o computador e mantenha a cabeça alinhada;
  • apoie bem as costas no encosto da cadeira;
  • deixe os pés sempre em contato com o chão ou utilize um apoio próprio para ajustar a altura;
  • prefira se sentar em local apropriado, de forma a evitar reflexos de luz no monitor;
  • alinhe as mãos em relação ao antebraço e mantenha os ombros relaxados;
  • inclua na rotina de trabalho, pequenas pausas para alongamento do pescoço, braços, mãos, pernas e pés;
  • evite cruzar as pernas, já que essa posição interfere na circulação sanguínea e desalinha a coluna;
  • exercite os olhos fazendo movimentos focando a visão para cima, para baixo e para os lados.

2. Móveis ergonômicos

Os tipos de móveis utilizados no ambiente de trabalho são essenciais para garantir uma boa postura, evitando desvios na coluna e pressões nas articulações que podem prejudicar a circulação sanguínea. Para tanto, é preciso considerar os seguintes aspectos:

  • cadeira — deve ter o encosto a 105°, para evitar lesões de coluna e permitir um bom ajuste, posicionando os cotovelos na altura da mesa;
  • mesas e escrivaninhas — devem ter suporte para monitor e local próprio para teclado e mouse;
  • apoio regulável para os pés — importante para manter o posicionamento dos membros inferiores, principalmente para pessoas com altura de até 1,65 m.

3. Posição dos equipamentos

A posição dos equipamentos também é um fator importante para o conforto e bem-estar no ambiente de trabalho. Nesse sentido, é preciso observar os seguintes fatores:

  • luminárias — devem ficar sempre bem posicionadas, de modo a evitar reflexos e esforços para enxergar;
  • teclado e mouse — deixe-os sempre ao alcance das mãos para que não seja necessário esticar os braços;
  • monitor — coloque-o na altura dos olhos, a uma distância aproximada de um braço.

4. Adoção da ergonomia para a evitar L.E.R. e dores nas costas

De acordo com especialistas, quando são aplicados corretamente, os procedimentos ergonômicos contribuem para a diminuição de cansaço e evitam lesões físicas no ambiente de trabalho, como dorsalgia (dor nas costas), lombalgia, L.E.R, entre outras. Isso é possível por meio da adoção de posturas corretas, bem como mobiliário e demais aspectos do local de trabalho adequados às necessidades individuais.

Como vimos, a ergonomia no escritório é essencial para evitar a L.E.R. e outras patologias, com mais conforto e bem-estar no ambiente de trabalho. Para tanto é preciso adotar bons hábitos posturais e mobiliário compatível com as necessidades dos trabalhadores.

Gostou deste artigo? Então assine a nossa newsletter e receba os nossos conteúdos diretamente em seu e-mail!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Thanks!

Fale com a unidade mais próxima de você!