Saiba quais são os 4 principais cuidados com as articulações

As articulações são áreas de junções dos ossos, responsáveis pelos movimentos que realizamos diariamente, como andar, sentar, subir escadas, dobrar os braços e dirigir. O bom funcionamento dessas conexões depende essencialmente de cuidados com as articulações ao longo da vida.

Entretanto, a maioria das pessoas só dá atenção à saúde das articulações quando começa a sentir dores e desconfortos — em geral, causados por má postura, exercícios realizados de maneira incorreta, sobrepeso e outros fatores que causam desgastes nessas regiões. Continue a leitura para conhecer mais sobre essas áreas do corpo e os principais cuidados com as articulações que devemos ter!

A anatomia das articulações

As articulações conectam os ossos dos ombros, cotovelos, punhos, joelhos, tornozelos, entre outros membros do corpo. O que as mantêm no lugar são as cápsulas articulares que recobrem as extremidades dos ossos. Elas possuem duas camadas: a membrana fibrosa, na parte externa, e a sinovial, na parte interna.

Além dessas estruturas, os ligamentos, tendões e músculos também auxiliam na estabilidade. Essas membranas contêm o ácido hialurônico, responsável pela viscosidade necessária para a lubrificação da articulação e fundamental para a eficiência dos movimentos.

Alterações patológicas

A dor nas articulações, ou dor articular, causa uma grande sensação de desconforto em uma ou mais regiões do corpo. Ela pode ocorrer com ou sem movimento muscular e se agravar a ponto de limitar os movimentos.

As alterações nas articulações podem ser causadas por vários tipos de doenças ou lesões. A artrite reumatoide é uma doença com origem autoimune que provoca rigidez, inflamação e dor. Já a osteoartrite ou artrose é outra doença que acomete essas regiões e causa o desenvolvimento de osteófitos (bicos de papagaio) na coluna e a degeneração da cartilagem. Essa é a causa mais comum de dor articular em pessoas com mais de 45 anos.

Os cuidados com as articulações devem ser constantes

Segundo o Ministério da Saúde, mais de 15 milhões de pessoas sofrem com dores nas articulações. Para prevenir os danos e as doenças crônicas, algumas medidas simples ao longo da vida se mostram eficientes e práticas. Veja a seguir as principais práticas diárias que podemos adotar para manter a saúde das articulações!

 1. Faça alongamentos

Os alongamentos são fundamentais para prevenir o desgaste e a rigidez das articulações. Também evitam o encurtamento da musculatura e, consequentemente, a pressão na cartilagem. Além de serem eficazes, eles são muito versáteis, já que a maioria dos exercícios não exige aparelhos nem ambientes específicos.

Muitas pessoas alongam-se antes ou depois de atividades físicas, mas esse exercício deve ser parte integrante da rotina diária. Fazer essas atividades ao acordar e em vários momentos do dia ajuda a manter as articulações flexíveis.

2. Cuide do peso corporal

O peso em excesso pode aumentar a pressão sobre as articulações e alterar a maneira de andar, intensificando as dores. Além disso, a obesidade normalmente está associada a hábitos sedentários e músculos flácidos, fatores que sobrecarregam essas regiões.

3. Mantenha uma alimentação equilibrada

Uma alimentação equilibrada e boas quantidades de água são fundamentais para a saúde das articulações. Nesse sentido, alguns alimentos funcionais, como os peixes e o azeite extravirgem, devem ser consumidos, pois atuam na lubrificação e promovem a regeneração após algum dano.

Outra dica é a ingestão de alimentos ricos em vitamina D e cálcio, como leite e seus derivados, espinafre e couve, importantes para manter a densidade dos ossos em níveis ideais, evitando desgastes e doenças como a osteoporose. Esses nutrientes ajudam a manter as articulações saudáveis e fortalecem os ossos.

4. Movimente-se

A eficiência das articulações depende de uma boa lubrificação e, para que isso ocorra, além de mantermos uma boa alimentação, é necessário nos movimentarmos. Permanecer por muito tempo na posição sentada ou em pé aumenta a probabilidade de rigidez e dores nessas regiões. Dessa forma, é importante fazer pequenas pausas para alongar e caminhar.

Conforme pudemos verificar, os cuidados com as articulações são fundamentais para prevenir os desgastes e as doenças que acometem essas regiões. Nesse sentido, manter uma alimentação saudável, fazer alongamentos e evitar o sobrepeso são essenciais para garantir uma melhor qualidade de vida.

Gostou deste artigo? Então, siga as nossas redes sociais para acompanhar mais conteúdos sobre saúde e bem-estar. Estamos no Facebook e Instagram!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Thanks!

Fale com a unidade mais próxima de você!